General

O Guia Completo para a Aposentadoria em Portugal

Updated: 2 July 2021

Você está pronto para mudar de patamar no seu estilo de vida? Então, não procure por nada mais que não seja a Europa. Lá você encontrará coisas simples, belas e boas da vida aonde a verdadeira felicidade está.

Aposentadoria em Portugal

Um litoral incrível,
Dias de sol que não acabam nunca,
Frutos do mar de excelente qualidade,
Arquitetura charmosa,
Uma variedade de culturas,

Tudo a um custo muito acessível.

Estas são algumas das razões pelas quais Portugal se posiciona como um dos melhores países para se aposentar no exterior. A Forbes e a CNN publicaram artigos em 2020, indicando a região do Algarve como o local ideal para a aposentadoria. As alterações introduzidas nas leis de imposto para aposentados de Portugal tornaram ainda mais atraente para os estrangeiros a realocação para o país para fins de aposentadoria.

Podemos estimar que entre 1.500 a 2.000 dólares (USD) por mês seria um valor muito confortável para viver uma vida aconchegante e tranquila nas pequenas cidades de Portugal. Para as grandes cidades como Porto ou Lisboa, a despesa mensal subiria para 2.000 a 2.200 USD.

Neste guia, nós vamos oferecer uma visão abrangente de todos os aspectos a serem considerados antes de tomar a decisão de se aposentar em Portugal.

Quem pode viver como aposentado em Portugal: Vistos e Permissão de Residência

É relativamente fácil se aposentar em Portugal. A região do Algarve, no sul do país, é especialmente popular entre os aposentados. Estima-se que pelo menos 100.000 pessoas aposentadas morem somente nessa região. Um número significativo delas são britânicas.

Cidadãos da União Europeia

Para os cidadãos da União Europeia (UE) o processo para viverem como aposentados em Portugal é bastante simples. É possível aplicar para a residência em Portugal e usufruir da maioria das vantagens de um residente local. Para obter a residência em Portugal, os cidadãos da UE podem aplicar ao SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras), o serviço oficial de imigração do governo português. O SEF possui vários escritórios espalhados pelo país. Você pode encontrar suas localizações no próprio site do SEF.

Cidadãos de fora da UE

Os cidadãos que não fazem partes dos países da União Europeia precisam solicitar uma autorização de residência para viverem como aposentados em Portugal, de acordo com a lei de residência para aposentados. Isso pode ser feito em um escritório consular português. Eles geralmente vão solicitar o seguinte:

  • Passaporte válido
  • Prova de renda
  • Comprovante de seguro de saúde
  • Registro criminal

A permissão de residência temporária normalmente é válida por cinco anos, após os quais o residente deverá solicitar a residência permanente.

É muito comum para as pessoas que não são da UE obterem a residência em Portugal através do sistema de Vistos Golden. Ele foi lançado em 2012, com o objetivo de atrair investidores do mundo todo para o país. Para obter a autorização de residência através do Golden Visa, o candidato deve atender um dos requisitos abaixo:

  • Comprar um imóvel com um valor mínimo de 500.000 euros;

→ O valor mínimo de investimento cai para 400.000 euros se a propriedade estiver em uma área de baixa densidade;

  • Adquirir imóvel com valor mínimo de 350.000 euros, desde que o imóvel tenha pelo menos 30 anos e venha a ser reformado em conformidade com as regras da prefeitura municipal;

→ O valor mínimo de investimento cai para 280.000 euros se a propriedade estiver em uma área de baixa densidade;

  • Fazer uma transferência de capital de 1.000.000 euros ou mais;
  • Criar um mínimo de 10 empregos de período integral para cidadãos portugueses,
  • Fazer um investimento de capital de 350.000 euros ou mais para uma atividade de pesquisa e desenvolvimento qualificada em Portugal;
  • Fazer uma doação no valor de 250.000 euros ao patrimônio artístico, cultural ou nacional de Portugal;
  • Investir um mínimo de 350.000 euros num fundo de investimento qualificado em Portugal.

O Golden Visa concede os seguintes direitos ao investidor, desde que o titular da autorização passe um mínimo de sete dias por ano fisicamente em Portugal:

  • Viver e trabalhar em Portugal,
  • Viajar dentro do Espaço de Schengen sem a necessidade de visto,
  • Adicionar cônjuge, filhos dependentes e pais dependentes ao programa,
  • Candidatar-se à cidadania portuguesa após os cinco anos de cumprimento dos requisitos necessários.

Mais informações sobre como aplicar para o Golden Visa de Portugal estão disponíveis no link abaixo. Você também pode preencher um formulário para que especialistas do nosso escritório português possam entrar em contato com você para responder a todas e quaisquer perguntas que você possa ter.

Cidadãos Americanos

O governo português permite que os cidadãos dos EUA estabeleçam residência facilmente. A forma mais comum é o visto de permanência de 120 dias. Este visto exige que o requerente forneça um comprovante de renda, mostrando a disponibilidade de pelo menos 1.070 USD por mês durante o período de estadia. Se gostar da experiência e quiser prolongar a estada, o governo de Portugal lhe permitirá pedir uma autorização de residência de um ano. Ela poderá então ser renovada por autorizações de dois anos sucessivamente. Após cinco anos de residência temporária, você pode solicitar um status de residência permanente.

Judeus Sefarditas

Se você possuir descendência judia e puder comprovar a sua ascendência sefardita, Portugal lhe concederá a cidadania, desde que apresente a documentação necessária. Portugal permite a dupla cidadania desde que o seu país de origem também o permita, assim, você poderá manter ambas as nacionalidades.

Leis de Aposentadoria e Imposto de Aposentadoria em Portugal

Em 2009, as leis de aposentadoria em Portugal sofreram uma alteração significativa, de forma a tornar o país mais apelativo para os estrangeiros. O regime fiscal de residente não habitual (NHR) permite que os residentes se beneficiem de uma taxa fixa de imposto de renda com desconto, em vez das taxas regulares que sobem para 48%.

O estatuto NHR está disponível para qualquer pessoa que não tenha sido residente fiscal em Portugal nos últimos cinco anos. Os candidatos ao NHR precisam atender a certos critérios para se qualificar.

Um residente do NHR deve ter qualquer renda internacional; incluindo salários, rendimentos de negócios, rendimentos de investimentos, rendas, ganho de capital e pensões, isentos de tributação em Portugal por um período de dez anos. Além disso, eles também estão isentos de impostos sobre seu patrimônio durante este período. Qualquer rendimento gerado em Portugal será tributado a uma taxa fixa de 20%, em vez das taxas de imposto sobre o rendimento escalonadas que chegam a 48%.

Todos os residentes fiscais em Portugal são obrigados a pagar impostos sobre os seus rendimentos mundiais. Você é tratado como residente fiscal em Portugal se residir no país por mais de 183 dias em um ano fiscal. Sendo assim, todos os residentes precisam preencher uma declaração anual de imposto de renda, declarando seus rendimentos. Vamos nos referir às implicações fiscais dos aposentados em Portugal mais adiante neste artigo.

Portugal tem tratados de dupla tributação com todos os países da UE e a maioria dos países fora da UE, a fim de evitar a dupla tributação.

Transferindo Fundos de Aposentadoria, Pensões e Contribuições de Seguro Social para Portugal

A partir de 2020, a idade para se aposentar em Portugal será de 66 anos e 5 meses tanto para homens como para mulheres. Se os residentes tiveram pelo menos 15 anos de contribuições de seguro social enquanto trabalhavam em Portugal, podem requerer a pensão do Estado com base nas contribuições durante a aposentadoria. Além disso, as pensões da empresas privadas também são comuns.

É fácil para os cidadãos da UE transferirem as suas contribuições de qualquer país da UE onde costumavam trabalhar. As contribuições transferidas vão valer como a aposentadoria em seu país, em Portugal.

Quanto aos cidadãos não pertencentes à UE, o ideal será consultar o serviço de aposentadoria de seu país de trabalho para saber se a pensão poderá ser transferida para Portugal. Vários países não pertencentes à UE possuem acordos fiscais e de seguro social mútuos em vigor com Portugal.

Conforme referido anteriormente, todos os residentes em Portugal são tributados sobre os seus rendimentos globais. Assim, as suas pensões pagas em países internacionais podem ser tributadas em Portugal. Essa tributação pode ser integralmente ou parcialmente evitada por meio do uso do estado de residente não habitual (NHR) ou de um esquema de aposentadoria offshore.

Assistência Médica para Aposentados em Portugal

O Serviço Nacional de Saúde de Portugal, designado como Serviço Nacional de Saúde (SNS), presta assistência medica a todos os portugueses e residentes em Portugal. Embora este serviço seja geralmente gratuito, em certos casos, algumas taxas podem ser aplicadas. O SNS atende por meio de unidades de saúde locais, centros de saúde comunitários e hospitais.

Existe um elevado padrão de saúde em Portugal. Os hospitais públicos são modernos e bem equipados. Muitos médicos em instituições públicas e privadas falam inglês. O sistema nacional de saúde cobre as necessidades básicas de saúde, acidentes e doenças. Por outro lado, as instalações podem ser limitadas a pequenos centros de saúde em áreas rurais e suburbanas.

Roger B. do Wall Street Journal define a cobertura de saúde privada em Portugal como “A possibilidade de marcar uma consulta, esperar menos de meia hora por uma consulta, consultar um especialista se quiser e, se necessário, consertar uma parte importante de mim rapidamente. Qualquer medicamento e serviço de saúde e odontológico é muito mais barato aqui do que nos EUA.”

Quanto às farmácias portuguesas, podem liberar medicamentos diretamente, com algumas exceções. É comum que muitos medicamentos genéricos custem de 10% a 25% do que custariam nos EUA

Cidadãos da União Europeia

Os cidadãos da UE aposentados em Portugal podem ter acesso a cuidados de saúde gratuitos através do SNS. Eles precisam usar o formulário S1 – anteriormente conhecido como formulário E121. Este formulário é emitido pelo centro de pensões do país de origem do aposentado.

A assistência medica prestada pelo SNS é considerada totalmente satisfatória em Portugal. Independentemente disso, existem aposentados cidadãos da UE, que optam também por um seguro de saúde privado adicional, apenas por garantia.

Cidadãos Fora da UE / Cidadãos dos EUA

Os aposentados que não são cidadãos da União Europeia em Portugal, assim como os americanos aposentados, só terão direito a assistência medica gratuita quando se tornarem residentes permanentes. Assim sendo, eles precisarão obter um seguro saúde privado e serviços médicos pagos durante os primeiros cinco anos de residência.

Conforme referido, é obrigatório apresentar a documentação do seguro de saúde antes de requerer a residência de aposentado em Portugal. Assim que se mudar para o país, pode passar de um plano internacional para um seguro de saúde privado português. Geralmente é mais barato do que sua contraparte americana.

Custo & Requisitos de Seguro Privado

O custo do seguro privado dependerá da sua idade. Para menores de 55 anos, pode custar apenas 4 euros por mês. Na extremidade superior do espectro, o preço pode subir até algumas centenas de euros mensais. A maioria das seguradoras não oferece serviços para pessoas acima dessa idade. Os seguro saúde que aceitam são o Tranquilidade, o Millennium Bank da Medis e o Fidelidade/Multicare. A Medis oferecerá apólices de seguro para pessoas de até 75 anos. Além disso, eles não irão cancelar a apólice se você já tiver uma.

Implicações de Herança para Aposentados em Portugal

A boa notícia é que Portugal não cobra imposto sucessório sobre imóveis.

Existe, no entanto, um imposto de selo a uma taxa fixa de 10%. Salvo especificado o contrário, cônjuges, descendentes e ascendentes estão isentos deste pagamento. Além disso, existem algumas taxas administrativas menores relacionadas ao processo de herança.

De acordo com o Código Civil Português, qualquer processo de herança será regido pelas leis do país de origem do falecido. Supondo que você se aposentou dos Estados Unidos e foi para Portugal, as leias aplicadas serão as leis de herança dos Estados Unidos. No entanto, caso os dois cônjuges sejam de países diferentes, pode aplicar-se a lei portuguesa se o cônjuge remanescente tiver residência permanente em Portugal. Isso pode ser evitado com uma especificação no testamento.

Dica rápida: certifique-se de formular um testamento detalhado e legalmente revisado. Para aposentados britânicos, canadenses, australianos e americanos em Portugal, pode ser ainda melhor ter testamentos separados em Portugal e no país de origem. Contrate um profissional de confiança para lhe ajudar com isso.

Custo de Vida e Moradia

Portugal é um país famoso pela sua acessibilidade em geral. O custo de vida em Portugal é 30% inferior ao dos EUA de acordo com o Numbeo. Apesar de ter aumentado nos últimos cinco anos, ainda é uma pechincha em comparação com o resto dos países da Europa Ocidental.

Um casal pode viver com muito conforto por 2.000 euros (cerca de 2.250 dólares americanos) por mês. Aproximadamente metade desse orçamento iria para custos de acomodação.

Vamos cavar um pouco mais fundo;

O aluguel mensal de um apartamento medíocre sem mobília de um quarto

Alimentos básicos para um casal

Água, eletricidade e gás (aquecimento e cozinha, não para automóveis)

Internet, linha telefônica e pacote de TV a cabo

Lazer básico (como comer fora uma ou duas vezes por semana e ir ao cinema)
Equivale a aproximadamente 1.750 Euros (1.900 USD) para um casal.

Aprimore o seu estilo de vida com a conveniência de um carro e você gastará apenas 2.000 euros por mês como casal.

Se você está se aposentando com uma pensão ou renda não baseada em euros, como dólares americanos ou libras esterlinas, você deverá reservar um mínimo de três meses de despesas de subsistência como reserva de emergência. Isso o salvará de uma mudança repentina na taxa de câmbio do euro em relação à sua moeda.

Iremos nos aprofundar no custo da propriedade em Portugal no próximo capítulo.

Imóvel para Aposentados: Detalhes e Custo de Imóveis em Portugal

Como em qualquer mercado, o custo de sua casa depende de sua localização, tipo e tamanho. Quer se alugue ou compre um imóvel, uma casa em Lisboa custará certamente mais do que uma casa numa zona suburbana ou rural.

Pelo lado positivo, os preços dos imóveis em Portugal são inferiores à média europeia. É por isso que, ao contrário da preferência geral dos expatriados em alugar um imóvel, muitos optam por comprar um imóvel em Portugal.

Alugar um Imóvel no Algarve ou Lisboa

A média de aluguel de um imóvel no Algarve e em Lisboa ficaria em torno de:

 
Aluguel de uma unidade familiar no Algarve: de 550 euros a 1.000 euros por mês
Aluguel de apartamento em Lisboa: de 800 euros a 2.000 euros por mês

O valor inferior sendo um lugar confortável, o valor superior sendo uma unidade de luxo em um bairro agradável.

Comprar um Imóvel no Algarve ou Lisboa

Nos últimos cinco anos, os preços dos imóveis aumentaram em muitas partes do país. No entanto, os preços ainda estão acessíveis em comparação com o resto da Europa.

Num país como Portugal, é uma estratégia inteligente investir numa propriedade só sua. Desta forma, você elimina os custos de moradia de seu orçamento mensal de aposentadoria, eliminando quaisquer riscos cambiais a longo prazo.

No centro de Lisboa, o preço do metro quadrado varia entre 3.000 euros e 10.000 euros – isso significa que o preço do pé quadrado varia em torno de 300 euros a 1.000 euros. Uma variação bastante ampla para uma cidade tão pequena. Basicamente, dependerá da idade, tamanho, localização, tipo e comodidades da propriedade.

Uma vez que você sai de Lisboa para as áreas suburbanas, a faixa de preço de topo cai praticamente pela metade.

No Algarve, o preço do metro quadrado varia entre os 1.000 euros e os 5.000 euros – isso significa que o preço do pé quadrado varia entre 100 euros e 500 euros. Mais uma vez, dependerá de como você deseja que sua casa seja.

Para mais informações sobre as opções de imóveis disponíveis, envie-nos um e-mail ou ligue para nós.

Questões a Serem Observadas

Encontrar um apartamento devidamente equipado para os padrões americanos pode ser complicado. Muitos apartamentos portugueses não possuem ar condicionado ou aquecimento central. Caso você não goste destas comodidades, então encontrar um imóvel adequado será muito mais fácil.

A cozinha típica portuguesa é bastante minimalista, e geralmente conta com uma pequena geladeira e um fogão de duas bocas. Também nos apartamentos mais antigos, as cozinhas tendem a ficar na parte de trás do apartamento. Bastante incomum para quem está acostumado com as cozinhas abertas ao lado de salas de jantar ou de estar.

O estacionamento será um problema sério se precisar de um carro em Lisboa. Certifique-se de escolher uma unidade com garagem para economizar tempo e evitar o estresse.

Bancos em Portugal

Portugal tem um sistema bancário moderno com mais de 150 bancos no país. A maioria dos bancos em Portugal pertencem à Associação Portuguesa de Bancos. Alguns bancos são públicos, enquanto outros são privados.

Você deverá abrir uma conta bancária em Portugal se estiver morando no país. A sua conta bancária portuguesa será muito útil para pagar contas e despesas locais. Tentar administrar seus serviços bancários diários a partir de sua conta bancária em seu país de origem será inconveniente e bastante caro devido às taxas de câmbio e às taxas de transferência internacional.

Abrindo uma Conta Bancária em Portugal

Na maioria das vezes, você precisará abrir a sua conta pessoalmente em uma agência local de um banco em Portugal. Existem duas exceções: (1) se você estiver abrindo uma conta de não residente no exterior, (2) se for um banco digital, caso em que a conta pode ser aberta online.

Abrir uma conta em um banco de Portugal  é bastante simples, desde que reúna os documentos necessários. Na maioria das vezes, esses documentos incluirão:

  • Passaporte ou identificação emitida pelo governo
  • Comprovante de endereço (ou seja: conta de luz, água ou gás)
  • Número NIF português (número de identificação fiscal)

Número de Identificação Fiscal (NIF)

O número NIF pode ser obtido rapidamente. Ele será bastante útil para abrir uma conta no banco, conseguir um número de telefone, comprar um imóvel e fazer praticamente qualquer coisa oficial no país. Como você consegue? Siga esses passos:

Localize o escritório de Finanças mais próximo

Forneça a eles:

  • → Passaporte ou documento de identidade válido
  • → Comprovante de Endereço

Pegue o seu NIF e vá embora. Tudo pronto.

Bancos em Portugal

Alguns dos bancos privados mais populares em Portugal são:

  • Novobanco
  • Millennium BCP
  • BancoBIC
  • Santander Totta
  • Banco Best
  • Banco BPI

Um banco público popular em Portugal:

  • Caixa Geral de Depositos

Alimentação em Portugal

A dieta mediterrânea é considerada uma das dietas mais saudáveis do mundo. A gastronomia portuguesa é conhecida pelos seus frutos do mar frescos de qualidade. A maioria dos restaurantes oferece muitos pratos que incluem camarões, atum e bacalhau.

Geralmente, os produtos são frescos e orgânicos em Portugal. O fast food não é muito comum. Espere um serviço de mesa modesto e, às vezes, lento.

Além dos frutos do mar, a gastronomia portuguesa também é rica em sobremesas. Os Pastéis de Nata são constituídos por um rico creme de ovo envolto a uma massa crocante. Seja lá de onde você for, o seu sabor o remeterá ao seu lar.

Custos de Almoço & Jantar

O jantar para dois fica entre 20 e 40 euros, dependendo da sofisticação do restaurante. O almoço costuma ser mais barato. É econômico para um casal de aposentados almoçar fora e esquentar as sobras para o jantar. As porções portuguesas são geralmente generosas.

Como mencionamos acima, as geladeiras portuguesas são tipicamente pequenas. A razão é que os portugueses preferem comprar regularmente alimentos frescos, em vez de armazenar alimentos por muito tempo.

Vinho & Cerveja

Portugal é um paraíso para os amantes do vinho. O país possui milhares de rótulos de vinhos de alta qualidade. O vinho produzido localmente não é tributado em Portugal, então uma garrafa decente pode sair por apenas 3 euros, já uma boa custaria mais perto de 10 euros. Quanto à cerveja, as cervejarias locais são excelentes. Um copo de 300ml em um bar custará um pouco mais de 1 Euro.

Cafeteria

O café é parte integrante da vida portuguesa. Mas, não espere pegar um café e ir embora. O melhor é sentar-se e saborear cada gole, mas mesmo que você não possa, eles ficarão felizes em lhe servir um café expresso no bar. Normalmente custa entre um ou dois euros.

Para aqueles viciados em Starbucks, você encontrará apenas um punhado neste país.

Acesso à Internet

A conexão com a Internet de alta velocidade e o 4G estão disponível em quase todo o território nacional. No entanto, vale a pena pesquisar os diferentes provedores de serviço na região para a qual você se mudará. Embora um ótimo serviço de Internet esteja disponível em geral, locais remotos podem ser exceções.

Além disso, quase todos os restaurantes, cafés e hotéis têm Wi-Fi pública para compartilhar em Portugal. É justo dizer que o país anfitrião da Web Summit está conectado de forma bastante adequada.

Entretenimento

A maioria dos filmes e programas de TV é veiculada no idioma original da atração, com legendas em português. Desta forma você ficará atualizado com o que seus amigos e familiares assistem em casa. Ir ao cinema custa normalmente entre 5 e 10 euros o ingresso.

A Netflix também está disponível em Portugal, então você pode escolher entre uma grande seleção sob demanda. Os planos variam entre 7,99 euros a 13,99 euros por mês.

Se você gosta de boates, espere pagar uma taxa de couvert de 20 euros e algo entre 5 e 10 euros por coquetel.

Se você é do tipo atlético, o custo mensal para fazer academia é de cerca de 40 euros. Você também pode encontrar muitos campos de golfe, quadras de tênis, quadras de basquete e campos de futebol para jogar em todo o país. Também não podemos de deixar de prestar o nosso respeito às belezas naturais que o país oferece se você preferir fazer ioga ou meditar na natureza.

Transporte

O transporte público em Lisboa é muito conveniente e barato. A menos que você queira sair da cidade com frequência, você tem excelente acesso entre as estações de metrô e os pontos de ônibus.

Uma passagem de metro custa 1,50 euros em Lisboa, enquanto uma passagem de ônibus também custa menos de 2 euros. Você pode comprar um passe mensal por cerca de 40 euros.

Uma corrida típica de táxi em Lisboa quase sempre custa menos de 10 euros. O Uber também é amplamente acessível e seu valor é parecido com o da corrida de táxi.

Se você quiser sair da cidade, as linhas de trem são uma opção conveniente. O trem de Lisboa para o Porto demora cerca de 2 horas e 40 minutos e custa cerca de 30 euros. Já uma viagem de ônibus, sairia por um pouco mais de 20 euros. A viagem de trem certamente vale a diferença de preço.

Possuir e Dirigir um Carro em Portugal

Se está a viver no centro de Lisboa, Cascais ou Porto, pode facilmente viver sem precisar de um carro. Aliás, vai ser difícil encontrar estacionamento em Lisboa, caso tenha carro. O transporte público é muito bem servido no Porto e em Lisboa. Entre as estações de metrô e as linhas de ônibus, você dificilmente ficará sem poder alcançar alguma parte da cidade.

Se você mora fora dessas grandes cidades, precisará de um carro. Em Portugal, todos os motoristas são obrigados a levar consigo:

  • Carteira de motorista válida
  • Documento do veículo
  • Certificado de inspeção veicular
  • Jaqueta reflexiva (para o motorista e cada passageiro)
  • Conversores de farol
  • Conjunto de óculos ou lentes de contato extras, se o motorista tiver prescrição médica.
  • Lâmpadas extras
  • Kit de primeiros socorros

A polícia pode pedir para ver qualquer um destes itens e caso algum deles esteja faltando, você estará sujeito ao pagamento de multa.

A gasolina custa cerca de 1,5 euros por litro, ou seja, cerca de 5,5 euros por galão. O valor é ligeiramente mais baixo se o veículo for à diesel e ainda mais baixo se for GPL.

O preço de uma vaga de garagem mensal varia entre 50 euros e 120 euros, dependendo da localização.

Normalmente, você pode alugar um carro por menos de 30 euros por dia, embora a maioria das principais rodovias tenha pedágios que não são baratos. A viagem entre o Porto e Lisboa custa cerca de 30 euros em pedágios.

Estilo de Vida

Portugal tem um ritmo de vida bastante lento. Um dia começa tarde e termina cedo. Há muitos feriados nacionais e religiosos, nos quais o trabalho é interrompido. A burocracia e os atrasos administrativos são comuns. Não lute contra esse ritmo, prepare-se e adote um estilo de vida mais lento.

Semelhante ao povo mediterrâneo, o povo português gosta de aproveitar a vida, em vez de apressá-la. Isso se reflete em suas cidades, onde a maioria das pessoas é extrovertida, falante e hospitaleira.

A taxa de criminalidade em Portugal é muito baixa e é um dos países mais seguros para se viver.

Se Adequando e Fazendo Amigos em Portugal

Se for para generalizar o povo português, será preciso dizer que eles são gentis, prestativos, hospitaleiros, compassivos e tipicamente obedientes às regras. Você não precisa ser cético se um estranho na rua largar tudo para ajudar com um problema que você tem. Está na natureza deles.

A maioria das pessoas fala inglês. Portanto, não é essencial aprender a língua portuguesa. Porém, certamente aumentará a sua comodidade e o ajudará a entender a cultura e o país com mais profundidade.

Melhores Lugares para se Aposentar em Portugal

Portugal está repleto de diferentes regiões e cidades e cada uma tem o seu charme. Vamos dar uma olhada em algumas das regiões mais adoradas pelos aposentados em Portugal.

Aposentadoria no Algarve

A revista Forbes classificou recentemente o Algarve como um dos melhores locais para se viver como aposentado na Europa. Há um grande número de aposentados que falam inglês na região.

A região do Algarve situa-se no sul de Portugal e é composta por mais de uma dezena de cidades. Algumas das cidades costeiras mais famosas são Faro, Lagos, Albufeira, e Tavira. Quanto aos destinos do interior, Alvor e Silves são os preferidos dos aposentados.

A região é acessível, tem praias fantásticas, um clima cristalino e ensolarado, e uma abundância de campos de golfe. Como não gostar?

Você conseguirá sobreviver facilmente apenas com o inglês na região. Quanto mais expatriados recebe, mas pessoas falando inglês você tem no Algarve.

Aposentadoria em Cascais ou Estoril

Cascais e Estoril são cidades encantadoras, a meia hora de viagem de Lisboa. Elas estão localizadas à beira-mar. Muito próximos das conveniências da vida da cidade e, em particular, do aeroporto de Lisboa, encontram-se na distância suficiente para o fazer você se esquecer do caos e se envolver com a excelente paisagem e as belas praias.

As duas cidades estão bem equipadas com os serviços públicos necessários. Os preços dos imóveis têm subido de forma constante nos últimos cinco anos, embora menos do que em Lisboa.

Aposentadoria em Lisboa

A capital de Portugal, Lisboa, é o epicentro do país. Recebe visitantes e expatriados de todo o mundo, seja para turismo, para estudar, para trabalhar ou para se aposentar. É uma cidade encantadora com muitos bairros animados, bem como, muitos bairros residenciais pitorescos, espalhados pela cidade.

Com meio milhão de habitantes no centro da cidade, Lisboa é para todos os gostos. Os bairros populares incluem Chiado, Baixa, Príncipe Real, Bairro Alto, Belém e Campo do Ourique.

Aposentadoria no Porto

A segunda maior cidade de Portugal, o Porto, está situada mais ao norte. É uma cidade adorável com todas as atividades que uma cidade pode oferecer. Muitos acham que é a mais autenticamente cidade portuguesa, mais até que a própria Lisboa. Porto é um lugar muito tradicional.

Como toda rosa, o Porto também tem o seu espinho: o clima. É conhecido por ter um céu nublado e sombrio com invernos muito chuvosos.

Dicas para Ajudar Você a Bancar Sua Aposentadoria em Portugal

  • Se você tiver meios para se mudar para o exterior, pode ser uma boa ideia trabalhar com um consultor que poderá lhe ajudar a ajustar todos os detalhes da mudança. Um consultor também o ajudará no planejamento financeiro e nas implicações fiscais.
  • Você pode se aposentar confortavelmente em Portugal com uma renda entre 1.500 – 2.000 USD por mês. Para alguns, o benefício da Previdência Social por si só é suficiente para cobrir o custo de vida.

Resultado / Conclusão

  • Portugal oferece a configuração ideal para se aposentar no exterior;
  • é um destino europeu encantador,
  • tem preços acessíveis,
  • A suas economias, seu seguro social ou a sua pensão irão render muito ao viver como aposentado em Portugal,
  • Você terá um custo de vida baixo e poderá alugar ou comprar uma casa encantadora por um preço relativamente barato,
  • Um casal aposentado poderia viver confortavelmente em Portugal com 1.500 a 2.000 USD por mês,
  • Mudanças recentes na legislação tributária tornam atraente para os estrangeiros se estabelecerem no país e economizarem em impostos por 10 anos,
  • Você precisa aplicar para residência. Existem diferentes meios disponíveis, que vão variar conforme o seu país de origem,
  • Não se esqueça de economizar para custos iniciais; depósitos adiantados de aluguel, despesas de mudança, tarifas legais, móveis para seu novo local, telefone, internet e conexões de cabo, etc.
  • Garanta também de deixar uma reserva como fundo de emergência, pois você nunca saberá quando será precisa dar um passo para trás ou lidar com um evento inesperado,
  • A água da torneira é potável,
  • Comida e vinho são bons e baratos,
  • Possuir um carro pode não ser muito prático, mas os táxis e Ubers são abundantes,
  • A infraestrutura, transporte público e saúde são muito bons,
  • A taxa de criminalidade é baixa,
  • Clima belo e ensolarado quase todo o ano,
  • Grande número de pessoas que falam inglês.

Como Posso me Aposentar em Portugal?

É sempre uma boa ideia falar com um profissional e fazer todas as perguntas que você tiver antes de iniciar sua jornada. Dependendo da sua situação pessoal e necessidades específicas, um consultor de confiança poderá ajudar e colocar você na direção certa, economizando tempo e dinheiro.

Se necessitar de aconselhamento sobre como encontrar um imóvel ou obter o estado de residência em Portugal, teremos todo o prazer em lhe ajudar. Você poderá entrar em contato conosco para agendar uma ligação.

Perguntas Frequentes:

Eu consigo me aposentar em Portugal com $200.000 de poupança?

Sim, um casal aposentador poderia viver uma vida confortável em Portugal com 1.500 USD a 2.000 USD por mês.

Como posso me aposentar nos EUA e ir para Portugal?

É preciso aplicar para a residência para se aposentar em Portugal como americano. O processo é direto, mas pode demorar um pouco. Para aplicar ao visto, você precisará fornecer (1) seu passaporte, (2) comprovante de renda, (3) comprovante de seguro saúde, (4) verificação de antecedentes criminais.

Portugal está entre os melhores países para se aposentar fora dos EUA.

Quais são os prós e os contras de se aposentar em Portugal?

Prós

  • Os portugueses são pessoas hospitaleiras e acolhedoras
  • Ótimo clima ensolarado
  • Processo de aposentadoria fácil e direto
  • Litorais fantásticos
  • Grande comunidade falante de inglês
  • Isenção de impostos para expatriados com o programa NHR
  • Baixo custo de vida
  • Um dos países mais seguros do mundo
  • Saúde pública gratuita

Contras

  • Burocracia
  • O idioma nativo é o português, não o inglês

Quanto eu preciso para me aposentar em Portugal?

Quanto você precisa para se aposentar em Portugal depende realmente de onde você escolher morar no país. Enquanto em Lisboa a faixa de valor que você precisa para viver um estilo de vida confortável fica entre 1.750 euros a 2.000 euros por mês, no Algarve você poderá viver com 1.100 a 1.500 euros por mês. Aproximadamente metade do orçamento mensal seria gasto em acomodação.

Um estrangeiro pode comprar uma casa em Portugal?

Com certeza. Um estrangeiro pode comprar um imóvel em Portugal. Não há restrições. O setor imobiliário em Portugal está bastante desenvolvido. São muitos os estrangeiros que investiram em casas em Portugal e se instalaram no país.

Expatriados pagam impostos em Portugal?

Se a pessoa passar 183 dias ou mais em Portugal em num determinado ano, será classificado como residente fiscal no país. Qualquer pagante de imposto residente em Portugal está sujeito ao imposto sobre seus rendimentos a nível mundial. Essa receita inclui salários, dividendos, renda de aluguel e ganhos de capital. Se não for residente fiscal, mas reside em Portugal, apenas estará sujeito a tributação dos rendimentos auferidos em Portugal, que normalmente ronda os 20%. Para usufruir dos benefícios fiscais vantajosos que Portugal oferece aos expatriados, consulte o programa de Residência Não Habitual (RNH). Você poderá encontrar mais informações na seção ‘Leis de Aposentadoria e Imposto de Aposentadoria em Portugal’ acima.

A assistência medica é gratuita em Portugal?

Portugal oferece assistência medica nacional a todos os residentes através do Serviço Nacional de Saúde (SNS). É um serviço totalmente gratuito para crianças menores de 18 anos e idosos acima de 65 anos. É gratuito, em sua maior parte, também para os residentes de outras faixas etárias, subsidiando os custos de muitos serviços de saúde. Você pode encontrar mais informações na secção ‘Assistência Médica para Aposentados em Portugal’ acima.

Portugal é um país de terceiro mundo?

De acordo com a World Population Review, Portugal é um país de primeiro mundo. Para ser definido como um país de primeiro mundo, é preciso ter uma economia estável e um alto padrão de vida, junto com vários outros fatores.

Qual é a forma mais fácil de se aposentar em Portugal?

A forma mais fácil de se aposentar em Portugal é aplicar para o estado de residente no país. Dependendo da sua nacionalidade, existem diferentes métodos para adquirir residência. Será mais fácil se você já for cidadão da UE. Também é bastante simples obter um visto para viver em Portugal se você for um cidadão americano. Se você não for cidadão da UE nem dos EUA, pode considerar o esquema dos Vistos Golden oferecido por Portugal.

Que visto é necessário para me aposentar em Portugal?

O visto necessário para se aposentar em Portugal varia conforme o seu país de nacionalidade. A maioria dos candidatos pode obter um Visto de Residente Tipo 1 para morar em Portugal. O Visto de Residente Tipo 1 pode ser obtido nos consulados portugueses no exterior. Você deve obter o visto no prazo de três meses após mudar para o país. Uma vez em Portugal, os requerentes têm geralmente seis meses para requerer uma Permissão de Residente.

Pergunta: aposentadoria em Portugal vs aposentadoria na Espanha?

A principal diferença entre se aposentar em Portugal e na Espanha é o custo de vida. Portugal oferece um custo de vida inferior ao da Espanha. O programa NHR em Portugal permite que os expatriados façam uso de um ambiente fiscal favorável. O clima também é mais agradável em Portugal ao longo do ano. Por outro lado, a Espanha é ligeiramente mais acessível em termos de número de voos e destinos. É um país incrivelmente bonito e cheio de cultura. Em média tem cidades mais vivas e vibrantes do que Portugal.

Cadastre-se em nossa newsletter